Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

acimadetudoviver

acimadetudoviver

O meu Blog

22.10.13, acimadetudoviver

A primeira vez que ouvi falar em blogs e qual era a sua função, decorria o ano de 2005, achei que era uma coisa que não era para mim. Eu sempre gostei de escrever, não porque tenha muito jeito, mais porque me consigo expressar melhor através da escrita do que através da fala, mas gosto essencialmente de escrever à mão, gosto do cheiro do papel, gosto do cheiro da tinta e gosto de sentir a tinta a deslisar no papel, é certamente uma parvoíce mas a sensação que eu tenho é que as ideias fluem melhor quando são postas no papel, ao invés de escritas num ecrã de computador.

Depois havia a questão computador que eu sempre considerei indispensável como ferramenta de trabalho e nunca o tinha visto como uma forma de laser, assim nunca dei importância aos blogs.

Em 2007 fiquei grávida, curiosidade imensa sobre tudo o que diz respeito ao assunto, primeiro filho, muito medo, fiz pesquisas na internet sobre todas as dúvidas e foi quando tive noção da quantidade de baby blogs que existiam e pensei que embora úteis porque descreviam experiências de outras pessoas era também uma exposição da vida dessas pessoas, algo que me deixou pensativa. E  a minha convicção sobre os que os blogs para mim não faziam sentido continuou, assim escrevi um Diário de Gravidez ( em Papel ) e não só, pois durou até aos 8 meses do meu filho, a juntar a muitos outros que eu escrevi na adolescência.

Agora passado este tempo todo e baseado no cliché que na vida devemos plantar uma arvóre, ter um filho e escrever um livro e visto eu já ter realizado dois dos itens só me falta mesmo escrever o livro, como sinto que me falta alguma bagagem cultural para o fazer, assim como experiência de vida( se calhar estou enganada), rendi-me aos blogs e sempre vou treinando para um dia mais tarde escrever o tal livro. 

Para mim não temos que escarrapachar a nossa vida num blog, podemos apenas expressar opiniões , emoções e descrever experiências sem que para isso seja preciso expor a nossa privacidade e é isso que eu tento fazer.