Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

acimadetudoviver

acimadetudoviver

O Sabor que as Coisas Têm

01.10.15, acimadetudoviver

Eis que chegou Outubro com o amanhecer mais tarde, com o anoitecer mais cedo (infelizmente, isto é o que tem de mau esta época do ano) mas continua os dias quentes que sabe tão bem e o trabalho faz-se melhor.

Gosto deste mês, assim morno, com as suas manhãs frescas e as noites também em que apetece ficar enroscada no sofá, gosto de sentir a praia nesta altura do ano, tem um gosto especial, há um cheiro acentuado a maresia que se entranha na pele e sabe tão bem, gosto do sol que já não queima mas que aquece e conforta.

Houve tempos em que tive o privilégio de morar e trabalhar a 100 metros da praia e sempre que podia era lá que me refugiava, se me queriam encontrar era lá que estava, desses tempos é o que me faz falta, a facilidade com que chegava ao mar, à areia, ao sol. Agora não estou muito longe, mas não chego com a mesma facilidade, e isso às vezes faz toda a diferença.

Esta semana o meu filho perguntou-me:

- " mãe, se gostas tanto de praia porque não vais mais vezes?"- eu fiquei a pensar na resposta e a resposta que dei não deveria ser esta mas foi.

- " porque há sempre coisas para fazer e eu acabo por pôr a praia em segundo plano." - e eis que o meu filho adivinhando os meus pesamentos dá a resposta correcta.

- " então da próxima vez que tiveres coisas para fazer deixas essas coisas de lado e vais à praia!"- eu adoro o meu filho e a simplicidade do seu raciocínio, é isto que é ser criança, e onde foi que eu perdi esta simplicidade?

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.