Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

acimadetudoviver

acimadetudoviver

O significado de fazer desporto

16.12.15, acimadetudoviver

Já aqui escrevi por diversas vezes que recomecei as caminhadas ou até mesmo as corridas e de repente eis que paro, normalmente é por causa do trabalho, mas também já foi por causa da preguiça, esse pecado mortal, ou até mesmo por causa das condições climatéricas, fazer caminhadas à chuva não, obrigada!

Mas este meu gosto pelo exercício físico nasceu de uma necessidade, pois nem sempre foi assim, tempos houve em que me dediquei mais ao desporto de sofá, mas questões de saúde ditaram que tinha que me mexer, não precisava de me tornar numa desportista olimpíca mas era importante que fizesse algum tipo de desporto sobretudo um que não tivesse impacto a nível ósseo, pois é este o meu calcanhar de Aquiles, a corrida tem algum, mas desde que eu não abuse e não decida, lá está tornar-me numa maratonista, nada que eu já não tenha pensado, não há problema.

Desde que o fisioterapeuta me disse que só a fisioterapia não chegava era preciso fazer mais alguma coisa para complementar que me tornei inicialmente frequentadora de ginásios, onde comecei por fazer cardio fitness para fortalecer os músculos mas com o passar do tempo este tipo de exercícios tornaram-se monótonos e aborrecidos então decidi para complementar fazer aulas de grupo, na altura foi alongamentos e uma arte marcial, Thai Chi, que eu adorei, tenho pena de actualmente não conseguir voltar por não ter horário compativel, mas pode ser que um dia.

Depois fartei-me dos ginásios, também porque o meu horário deixou de ser compativel com o ginásio e passava muito tempo sem ir, assim passei às caminhadas e às corridas tinha o mar como pano de fundo era fantástico.

Pelo meio fiz ainda algumas vezes canoagem, também ficou o bichinho, é pena não ter companhia, pois fiz sempre com outra pessoa na canoa e sozinha no meio do rio não sei se me aventuro. Fiz ainda um Trail, ainda não se falava em Trails, nem eu sabia que já tinha feito um até começar a ler em blogs descrições sobre algo que afinal eu já tinha feito, já lá vão 10 anos, foi na Serra D' Aire e dos Candeeiros foram 10 kms e na altura foram mais as vezes a caminhar do que a correr porque a preparação física para o efeito não era nenhuma, eu nem imaginava ao que ia, embora o troço não fosse muito difícil, tinha algumas subidas mas não eram complicadas, consegui chegar ao fim começei às 9h30 e cheguei às 12h, não foi mau.

Depois durante a gravidez do meu filho fiz hidro-ginástica gostei porque adoro estar dentro de água, mas preciso de mais movimento, acho que cycling dentro de água tem mais a ver comigo, também já me disseram que a hidro-ginástica para a minha faixa etária é mais puxada, os exercícios são mais duros, é possível, mas desde que me dediquei a fazer as caminhadas, acho que é sem dúvida a minha cara, tem é que ser com um cenário que me faça o pensamento voar para ter também um efeito terapeutico, pois fazer caminhadas na cidade não me puxa muito, por isso ultimamente não tenho sido muito assídua, acho que arranjo sempre uma desculpa.

É esta a minha história dedicada ao desporto, nunca tive nenhuma lesão, das vezes que comecei a fazer algo e estava desanimada quando terminava parecia que tinha levado uma injecção de adrenalina, fazer desporto era sempre a melhor opção, por saber que assim é, é que me tenho sempre obrigado a este recomeços, porque sei o efeito que tem e que preciso inevitavelmente de me sentir viva, que é o que eu sinto sempre termino uma caminhada. 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    acimadetudoviver

    16.12.15

    É verdade, já recomecei, espero continuar agora mais assídua.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.