Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

acimadetudoviver

acimadetudoviver

Objectivo: Amor

01.07.15, acimadetudoviver

O meu filho cresceu! Nesta altura do ano acabo por chegar sempre a esta conclusão porque é o meio do ano dele, fazendo anos em Dezembro chegados a esta altura já está a meio ano de completar mais um ciclo. Este ano ele terminou o 1.º ano do 1.º ciclo e depois de muitos medos, de muita ansiedade, de muito me descabelar (ser mãe não é fácil), ele terminou com distinção, ou seja além de um Muito Bom foi proposto para o Quadro de Honra, o que me encheu de orgulho, claro.

O meu filho é um como um furacão, não porque arrase tudo à sua passagem, mas por ser uma força da natureza, porque nos desafia constantemente, porque está sempre a fazer braço de ferro, a testar os limites, claro que depois quando o furacão acalma, temos o mimo e o amor e o carinho que ele distribui por quem gosta em doses industriais.

Por ser de Dezembro ele é o que chamam de um aluno condicional, pois só é possivel a entrada no 1.º ano se houver vagas, embora isso para mim nunca tivesse sido uma questão porque eu sempre quis que ele entrasse na escola já depois de fazer os 6 anos e foi o que aconteceu. Quis que ele fosse mais crescido, que se sentisse mais seguro, mais confiante, mais disposto a aprender e senti que isso foi conseguido, embora com alguns braços de ferro porque para o meu pequeno furacão o tempo nunca chega para brincar e perceber que há alturas que temos que trocar a brincadeira pela responsabilidade foi uma tarefa ardúa mas conseguida.

Por isso este ano lectivo o meu objectivo foi amor e compreensão para que o meu filho tivesse sucesso e foi o que aconteceu e é tão bom quando somos recompenssados com mais amor.