Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

acimadetudoviver

acimadetudoviver

Os Dias que se Vivem

09.09.15, acimadetudoviver

Já aqui falei várias vezes destes interregnos que por vezes faço no blog, eu gostava de ter tudo muito bem estruturado, em que o tempo que eu estabeleço para cada tarefa corresponde exactamente ao que é dispendido, a verdade é que isso não acontece, e assim alguma coisa fica para trás.

Neste caso é o blog, chego muitas vezes  a pensar que o problema é meu, se calhar sou eu que não sei definir prioridades e depois o tempo não me chega para aquilo que eu realmente gosto. Mas também acredito que afinal de contas é a isto que chamamos vida, se fosse tudo tão perfeitinho não haveria surpresas  boas ou menos boas e são elas que nos temperam o nosso dia-a-dia.

Assim este tempo que eu estive ausente aqui do meu cantinho foi porque o meu filho entrou de férias e depois é preciso gerir tudo o que se faz com uma criança de 7 anos em casa, felizmente temos tios e avós disponiveis para receber o pequeno e assim o problema fica minimizado, depois houve trabalho (felizmente), depois formação (felizmente está a chegar ao fim) e finalmente consegui tirar 4 dias de férias, yeeeeiii! É a loucura, mas pelo menos desliguei um pouco o cerebro.

Já há tantos anos que não tenho mais do que um fim de semana prolongado  de férias que eu já nem sei o que se faz quando se tem muitos dias livres.

O outro motivo que me leva a ficar tanto tempo sem escrever no blog é que às vezes simplesmente não me apetece escrever, não é que não tenha assunto, simplesmente o cansaço é tanto que não consigo articular uma frase com nexo. Fica a promessa de ir sempre passando por cá e não deixar morrer este cantinho que tanto me anima.