Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

acimadetudoviver

acimadetudoviver

Reflexão

13.05.21, acimadetudoviver

- " Olá! Estás boa? "

- " Sim! Está tudo bem! "

É sempre assim, mesmo quando não corresponde à verdade, acordo de manhã com um sorriso, bem disposta e quase sempre o que se vê por fora não é o que se passa por dentro, dentro da minha cabeça, dentro do meu coração. Às vezes apetece-me jogar a toalha ao chão e dizer que está tudo mal, que eu não estou bem, mas não ia adiantar pois ninguém ia acreditar porque nunca foi assim, no máximo iriam-me dizer para ir ao médico porque provalmente estaria doente.

Sempre acreditei que tudo era mais fácil e os momentos dificeis se ultrapassariam melhor se estivesse com um sorriso na cara, continuo apologista desta forma de estar (acho que até eu já me habituei a ser assim), fiz questão de me tornar imprescindível para toda a gente, de resolver tudo, de tratar de tudo e esqueci-me de tratar de mim, de me resolver e de me permitir não estar bem quando assim é! E quando por vezes num momento em que não consigo camuflar os meus sentimentos e falo de uma forma menos agradável ou não faço algo que habitualmente não o faria, sou criticada ninguém pensa no porquê de tal reação, ninguém questiona se estará tudo bem, se eu preciso de alguma coisa, não, a primeira análise que me fazem é que eu estou a ser egoísta e insensível.

Por isso nos últimos tempos tenho me deparado com um paradoxo se continuo a dizer que está tudo bem ou se quando realmente não estou bem digo que não estou bem e provavelmente a minha cabeça e o meu coração vão ficar em paz, tenho é para mim que com isto vou gerar alguma controvérsia, mas acho que consigo viver com isso. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.